Menu

7 de jan de 2017

TAG: #Desafio366em7






FELIZ 2017, MINHA GENTE!!!  

O ano novo chegou e nós também já estamos na área. 2016 já passou, mas ainda está em tempo de responder algumas perguntinhas sobre a nossa vida literária durante o ano complicado but feliz que tivemos, né mores?! E claro que para contar a vocês sobre nossas aventuras no mundo dos livros, nada melhor do que responder uma tag (que vamos tomar a liberdade para adaptar para o nosso jeitinho). O desafio chama #Desafio366em7, criado pelas leitoras e blogueiras @minhasecretapoesia e @dicasdam. 

Na verdade, esse desafio deveria ser feito ainda no ano passado, inclusive um dos tópicos é exatamente referente ao tempo de festas e tudo mais, mas como já passamos pelo Natal e pelo Réveillon, o P&P responderá a apenas seis das sete questões, sendo assim, chegou a hora do nosso #Desafio366em6. Hahaha  

1.      Livro que te fez chorar:

GABI: A Vida que Ninguém Vê, de Eliane Brum. Esse é um dos livros que a faculdade me fez conhecer, Eliane é jornalista, então reuniu algumas das histórias que contou em suas crônicas publicadas no Zero Hora, e pensem num livro que te arranca da realidade a cada nova história, porque é assim mesmo que ele é! E sim, algumas delas te fazem rir, enquanto outras te pegam de um jeito que as lágrimas se tornam voluntárias. 



PAULA: Por Lugares Incríveis, de Jennifer Niven. Eu ainda não fiz a resenha desse livro, porque não quero enfrentar o final dela e a carga real que ele trás. Sabe quando você tá lendo em público e precisa disfarçar para ninguém notar que seus olhos estão cheios de lágrimas? Eu simplesmente não conseguia acreditar na realidade do final. Porque aquilo não devia acontecer em livros; até hoje procuro páginas escondidas que vão revelar que tudo acaba bem. 


2.      Livro mais esperado:

GABI: Harry Potter e A Criança Amaldiçoada, de J.K. Rowling, Jack Thorne e John Tiffany. Como é um roteiro da peça homônima, o livro é bem facinho de ler, e com certeza foi um dos mais aguardados de 2016, porque afinal das contas, todo mundo queria saber quais os destinos de nosso grupo favorito de bruxinhos (muito Sessão da Tarde isso). Posso dizer que foi bom, mas poderia ser melhor, gente?!

PAULA: Como Eu Era Antes de Você, de Jojo Moyer. Mais esperado no sentido de ter dinheiro para comprar e finalmente chegou a livraria. Haha Com o sucesso do filme, esse livro não parava nos estoques das livrarias de Conquista. E eu tive que reservar o meu para garantir e ler antes do filme. E não é que eu terminei de ler no dia que fui assistir ao filme?! As expectativas foram alcançadas, não tenho o que reclamar dele. Para o drama e muitas lágrimas que estava esperando, foi bem divertido e gostosinho de ler, ganhando uns pontinhos em diferencial dentro do gênero.
 

3.      Autor que conheceu esse ano: 




GABI: Ranson Riggs. Eu tenho mesmo que explicar minha escolha?!

PAULA: Rainbow Rowell. Me conquistou com Eleanor & Park e já estou morta de vontade de ler Fangirl que tem todo o potencial de me fazer fã do estilo dela.

4.     
O queridinho de 2016:
 
GABI: O Orfanato Lar da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares, de Ranson Riggs. Se vocês acompanharam o blog no último ano, já estão cansados de me ouvir falar sobre esse livro, então vou poupá-los dessa vez e dizer que bem em breve venho aqui surtar com Biblioteca de Almas, é só questão de tempo!
 
PAULA: Eleanor & Park, de Rainbow Rowell. Enquanto Gabi tem seu apego lá nos peculiares, o meu ano foi com esse livro. E olha que li críticas divididas dele. Ele é uma misturinha de assuntos que compactuo (nerdices e foco nos personagens “fora do padrão”), narrados de um jeito mais fofo impossível. Foi a coisa mais gostosa ir se apaixonando por eles de pouquinho em pouquinho. Sem falar da trilha sonora e referências do livro. Chega dá vontade de ler novamente. 

 
5.      Decepção do ano:
 
GABI: Como Eu Era Antes de Você, de Jojo Moyes. Aos que amam Jojo e esse livro, me desculpem, mas eu esperava algo mais envolvente. Claro que conhecer Will e Lou foi legal, e que eu fiquei animada com o filme também, mas não foi tão empolgante quanto parecia a principio. Sorry!

 
PAULA: O Lado Feio do Amor, de Colleen Hoover. Acho que a decepção quanto a esse livro foi por todas as recomendações e reações maravilhosas a ele. E  no final, quando eu esperava uma coisa, foi outra, bem clichê, por sinal.

6.     
O personagem mais marcante:

GABI: Emma Bloom, da série O Lar da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares, de Ranson Riggs. Emma era muito #GirlPower na minha opinião e tornou a história de Jacob mais leve e mais legal e do jeito dela conquistou meu coraçãozinho de fã, lhe rendendo essa colocação. Beijos, Emma! Hihihi


PAULA: Eleanor, de Eleanor & Park,  de Eleanor & Park,  Rainbow Rowell,   Putz! Foi difícil escolher entre Lou (Como Eu era Antes de Você), Eleanor (Eleanor & Park) e Finch (Por Lugares Incíveis), porque eles foram fantásticos de suas maneiras, seja na caricatura, na representatividade, ou na intensidade. Mas minha escolha é na Eleanor por tudo que ela significa, aquela garota fora do padrão, mas lindas em suas peculiaridades, cheia de sentimentos bons e enfrentando pequenos males dissolvidos ao seu redor.








Nenhum comentário :

Postar um comentário

© Não retire os créditos - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Vanessa Neves e Jaque Design | Tecnologia do Blogger .