Menu

10 de jul de 2016

EVENTOS: Devaneios Sonoros #2



Fotos: Paula Joane

Vamos pegar carona e zoar num zepellin de devaneios? Peguem seus passes vips e aproveitem um rock alternativo e convidativo.

Vou pular a parte da coletiva que iniciou o Devaneios com um extra à tarde e que eu não fui por motivos de não conseguir estar em dois lugares (estágio) ao mesmo tempo.  Fiquei no gostinho de participar do bate-papo? Fiquei! Mas sigamos...


A segunda edição do Devaneios Sonoros ocorreu pouco mais de um mês depois primeira, só que dessa vez apenas na Sexta-Feira. Um leve diferencial no preço do ingresso não freou nem impossibilitou a presença calorosa do público na nova boate da cidade. Participado dessa vez a banda local Shau & os Anéis de Saturno que tocou músicas autorais, DJ Lirali, e como atração principal a banda Maglore.




Formada pelo Teago (vocal), Rodrigo (baixo/vocal) e Felipe (bateria), a Maglore mesclou no repertório tanto músicas de seus primeiros álbuns como Às Vezes um Clichê e Todos os Amores São Iguais – o que fez o público vibrar -, como também não deixou de pontuar com as novas do álbum III, tais quais Mantra e Se Você Fosse Minha. 




Tenho que destacar quão atenciosos com o público a banda é, preocupados com microfonias inconvenientes ou com o alcance do som. E íntimos com a galera também. Depois de três anos longe da suíça baiana, a banda deixou uma saudade na galera que garantia presença nas noites do Viela (não é da minha época, mas ok). O que justifica a perfeita sintonia entre palco e pista: Em coro o pessoal pedia músicas, pulava e era bem bonito de ver a empolgação, assim como era um amorzinho ver o Rodrigo e suas dancinhas. Tomando a voz da galerinha fã, peço ao Maglore que não demore tanto para voltar.




Locais dão tom e clima a momentos. E foi interessante notar a diferença entre o Ice Drinks e a boate Vip Longe Bar. Não nego que chegar naquele lugar todo “wow” causou um estranhamento. “Ué, vim parar na baladinha top?". Mas, é o público que faz a festa e logo o estranhamento passou. A estrutura do lugar é muito boa tanto para o som, como em ventilação e inclui um 1º andar massa para observar o plano geral da pista. Além de sofás e puffs maravilhosos para as almas cansadas que gostam de curtir “só observando”.






O Devaneios #Sextou e foi #Top! E que mais vezes o underground possa ocupar com barulho diferencial um espaço mainstream, misturando os tipos, sons e estilos, para que não seja regra topzeiros não ficarem deslocados nos cantinhos alternativos, nem os serumaninos estranharem as pistas Vips.


Confira mais fotos aqui.






Nenhum comentário :

Postar um comentário

© Não retire os créditos - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Vanessa Neves e Jaque Design | Tecnologia do Blogger .