Menu

20 de jan de 2016

LISTA: Dez coisas que eu adorava ou que fui influenciada por High School Musical


 Hoje, dia 20, completam exatos dez anos desde que a turma do East High apareceu pra nos fazer cantar. Sim, DEZ anos desde que High School Musical estreou e descobrimos que dá pra cantar em todas as situações e ocasiões possíveis (sério, dá pra cantar no jogo de basquete, durante a virada do ano, quando você estiver triste, ou quando quiser que as férias comecem logo). E claro que o P&P não poderia deixar de comemorar esta data que é tão importante para todos nós que já suspiramos por Troy Bolton, por isso, preparei uma lista com dez itens que eu descobri ou que gostava no musical. LET’S GO, WILDCATS!


1. A protagonista tinha o mesmo nome que eu: imagine aí uma menina de apenas nove anos de idade se achando a melhor pessoa do mundo só porque a personagem principal de um filme da Disney também se chamava Gabriela (no caso dela, com duplo ll). Imaginou? Pois essa era eu, toda feliz e orgulhosa!

2.  As músicas grudavam na cabeça e eu adorava: confesso que até hoje, de vez em quando, canto uma ou outra das músicas de HSM. Eu era tão apaixonada que fazia questão de imprimir as letras para aprender a cantar tudo certinho. Ah, e a maioria delas foram campainha do meu celular!




3. Meu primeiro crush quando nem sabia o que era isso: ZAC EFRON!

4. Fiz amigos e fiquei mais próxima de algumas pessoas: em algum momento do colégio, encontrei algumas pessoas que eram tão fã quanto eu, e assim ficamos mais próximas. Talvez gostássemos de ouvir as músicas no intervalo e suspirássemos juntas por Troy? Com certeza!

5. Melhorei no inglês: desde que comecei a aprender a cantar as músicas, conheci palavras novas da língua inglesa. Eu corria pra procurar o significado no dicionário e quando eu me deparava com elas nas aulas, ficava toda fofa por que sabia o que queriam dizer.





6. Meu primeiro ship da vida: tenho um costume de dizer que todos os meus shippes são da vida, mas com toda a certeza do mundo, Troyella é o principal por ter sido o primeiro, mas é claro que naquela época eles era só o casal-que-eu-torcia-para-ficar-junto, não tinha essa coisa de shipp.

7. Sempre gostei de imaginar como seria minha vida se eu fosse um dos personagens: isso acabou incentivando a minha imaginação, e até tentei compor algumas músicas pra deixar tudo mais realista.






8. Descobri que nunca vou conseguir copiar as coreografias: uma vez, no colégio, a minha turma iria apresentar um musical, e como não poderia faltar, algumas das músicas eram de HSM. Tentamos aprender as coreografias e dançar tudo bonitinho, mas fui um desastre. O musical não aconteceu e eu nunca aprendi a dançar.

9. Encontrei minha identidade musical: foi com essa turminha do barulho (alô, Sessão da Tarde!) que descobri como eu adorava música pop e isso continua até hoje. Obrigada, Wildcats!


10. Sempre quis fazer aquela foto da capa: em áudios trocados com Paula Joane, descobri que a frustração de nunca conseguir fazer uma foto como aquela não é só minha. Diversas tentativas, um pulo mais alto, um mais baixo, pede pra um amigo tirar, mas nada, nunca saía igual, até que quando chegamos às aulas de foto, descobri que fazia tudo bem errado e finalmente, depois de um século, conseguimos (eu, Paula e Julie saímos na foto juntas).






Gabriela Santos





Nenhum comentário :

Postar um comentário

© Não retire os créditos - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Vanessa Neves e Jaque Design | Tecnologia do Blogger .